terça-feira, 9 de outubro de 2018

RENAN CALHEIROS MAIS UMA VEZ NÃO FOI UNANIMIDADE ENTRE OS ALAGOANOS


Seguindo a tradição, Renan Calheiros mais uma vez não foi o mais votado na disputa por uma das duas vagas disponíveis ao senado. Na contramão de seu filho, Renan Filho, que teve mais de 1 milhão de votos na sua fácil reeleição para o governo de Alagoas, Renan Calheiros obteve 621.562 votos, conseguindo entrar na segunda vaga para o Senado Federal.

O mais votado foi Rodrigo Cunha, deputado estadual que foi eleito para o senado com 895.738 votos, na sua primeira disputa majoritária. Uma diferença de mais de 270 mil votos para Cunha contra o todo poderoso Renan Calheiros, que vai para o seu quarto mandato, no qual já foi presidente do Senado por três vezes.

Em 2010 aconteceu algo parecido. O Senador Renan Calheiros disputava sua reeleição e que tinha o então deputado federal Benedito de Lira muito bem cotado para ganhar. Ambos disputaram voto a voto, mas a preocupação de Calheiros consistia na possibilidade de Heloísa Helena - que também disputava aquela eleição - se eleger para uma das vagas. A preocupação foi tanta com HH que Renan ficou com a segunda vaga e Biu de Lira ficou com a primeira sendo o mais votado.

Agora em 2018 Biu não conseguiu se reeleger, e com a disparada de Rodrigo Cunha nas pesquisas, a preocupação da cúpula calheirista na reta final da campanha era da iminente aproximação de Maurício Quintella, ameaçando tomar a segunda vaga, de acordo com seu crescimento nas pesquisas.

Renan Calheiros é um exímio estrategista, faz uma leitura do cenário político como poucos. Só para ter uma ideia, assim que Temer assumiu o governo federal, Renan começou a se distanciar da figura do presidente mais impopular da história, que é do mesmo partido que o seu, e começou a se aproximar de Lula, procurando evidentemente se valer da popularidade que resta do ex-presidente (preso em Curitiba, por corrupção) no nordeste e em Alagoas.

E mesmo com essa aproximação com Lula, com todos esses anos de Congresso Nacional, com a excelente avaliação do seu filho, Renan Filho, no governo do estado, Renan Calheiros não conseguiu ganhar a preferência dos alagoanos.

Ao final de mais um pleito, Renan Calheiros descobriu que o seu principal aliado das últimas eleições que disputou, tem sido a sorte de ter sempre duas vagas ao senado, pois se fosse apenas uma vaga, o todo poderoso Senador alagoano já teria deixado a vida pública há muito tempo.

Estou no Twitter: @vanildoneto
                             @BlogPoliticaAL


Nenhum comentário:

Postar um comentário