domingo, 19 de agosto de 2018

12 DOS 21 VEREADORES QUEREM DEIXAR A CÂMARA DE MACEIÓ


Depois de divulgada todas as candidaturas para as eleições desse ano, um número que chamou a atenção vem da Câmara de vereadores de Maceió. 

Doze (12), dos vinte e um (21) vereadores, querem deixar o Parlamento Mirim. 

A grande maioria deseja ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa, mas temos também suplência ao Senado, Congresso Nacional e Governo do Estado. De fato é um número alarmante. Nós temos mais da metade da Câmara querendo deixar a atividade municipal. 

Da parte do eleitor, quando ele vota, espera que os que foram eleitos cumpram seus mandatos e não usem a atividade política como mero trampolim eleitoral para interesses de uns e de outros. 

De fato a maioria dessas candidaturas serve apenas para dar densidade eleitoral as coligações, e até de termômetro para o vereador/candidato, que não corre nenhum risco de perder seu atual mandato. Acabando a eleição em outubro, eles já voltam tranquilamente para a sua atividade na câmara. 

Talvez caso o vereador perdesse o mandato se decidisse candidatar-se a outro cargo, ele pensaria duas vezes se realmente iria valer a pena arriscar uma nova eleição.

Essa prática tem sido comum, e não deveria causar estranheza, entretanto a quantidade de vereadores que de uma vez só pretende deixar a câmara, deveria fazer o eleitor refletir sobre suas escolhas eleitorais. 

Até porque caso o vereador seja eleito deputado, vice governador, ou suplente no Senado, ele acaba deixando a vaga para um suplente que não foi escolhido por ele. Sendo assim todo o projeto que o eleitor foi convencido que aconteceria, cai por terra.

Estou no Twitter: @vanildoneto
                             @BlogPoliticaAL


Nenhum comentário:

Postar um comentário