terça-feira, 12 de julho de 2016

PARABÉNS POR RESISTIR, RIO LARGO


Todo ano, no dia do aniversário de Rio Largo, faço questão de escrever sobre a cidade. Falo sobre seu passado ou do seu presente, mas evito sobre seu futuro, por ser sempre muito imprevisível, sendo assim prefiro não arriscar.

Esse é um ano importante, é ano de escolher quem vai tocar a cidade pelos próximos quatro anos.

Isso na teoria, porque na prática sabemos muito bem que nunca chega ao mandato inteiro. Em Rio Largo o vice sempre rompe com o prefeito e vai alçar voo solo afim de assumir o posto, isso parece estar enraizado na cultura política da cidade.

No último pleito, a Câmara de vereadores foi renovada em 60%, a esperança estava renovada, aquela esperança que só durou até o primeiro mês de mandato, depois tudo era como dantes no quartel de Abrantes. Foi criada uma oposição fake, aquela que só late, mas não morde. Pelo menos ninguém foi preso, o que já é uma evolução.

Rio Largo tem temas importantes para colocar em debate, como o crescimento populacional desordenado, devido a criação de vários novos conjuntos habitacionais, e a violência que explodiu nos últimos anos. Mas hoje, como sempre foi, o que se discute é quem é verde, azul, vermelho ou amarelo, deixando a campanha nessa futebolização eleitoral, até se darem conta que foram novamente enganados, os deixando mais quatro anos apenas sofrendo e lamentando.

A cidade possui hoje 10 pré-candidatos a prefeito, e mesmo assim ainda querem que você acredite que a prefeitura está quebrada por causa da crise.

As discussões pertinentes parecem não importar ao poder público, esses preferem inaugurar pontos de ônibus, obras singelas, para o povão ver. O povão também não tá nem aí para situação caótica da cidade, querem vantagens, pensam no seu próprio umbigo. Mas no final sofrem em sociedade. No final de tudo é esse povão que acaba sendo assaltado, assassinado em plena luz do dia, e essa é a consequência de escolher quem não tem responsabilidade e compromisso com a cidade.

Para esse ano temos os piores na frente, liderando as pesquisas, mas isso não quer dizer nada até o dia da eleição. Em Rio Largo favorito em pesquisa nunca ganhou eleição, e eles sabem disso.

Desde a enchente que a cidade nunca mais se recuperou. De lá pra cá a situação infelizmente só tem piorado. De fato, foi um divisor de águas que faz Rio Largo sofrer até hoje, a cidade entrou num abismo infindável.

Por fim, parabéns Rio Largo, eu rezo por você.

Parabéns por ainda resistir.

E quem dera que o seu maior desastre fosse as enchentes que casualmente nos derrubam.

Infelizmente não é.


Estou no Twitter: @vanildoneto
                             @BlogPoliticaAL


Um comentário:

  1. Ótimo! Fora o desinteresse da população em reerguer Rio Largo. A gente vê que o Brasil quer mudança, as pessoas veem que isso é fundamental, mas Rio Largo não acordou pra isso, simplesmente aceitam esse inferno.

    ResponderExcluir