domingo, 19 de outubro de 2014

ALAGOAS PARTICIPA COMO NUNCA DA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL


Alagoas, Estado muitas vezes esquecido no período eleitoral pelos que postulam ao cargo de Presidente da República vem participando cada vez mais ativamente das eleições 2014, principalmente agora. Após Alagoas escolher ainda no primeiro turno Renan Filho como o novo Governador, ficou mais acirrada a campanha após Aécio surpreender as pesquisas e ir para o segundo turno com Dilma. 

Essa polarização foi o que bastou para ressurgir o debate direita vs esquerda, ricos vs pobres, conservadores vs progressistas, PSDB vs PT. Nunca vi Alagoas tão ativa, principalmente nas ultimas eleições. São caminhadas sem que se precise o candidato estar presente, adesivos nos carros, bandeiras, praguinhas, discussões nas praças, bares - tudo de forma aparentemente espontânea, partindo do pressuposto da crença pelas melhores propostas para o País.

Confesso que estou surpreso com esse movimento por aqui, pessoas tomando partido ideologicamente, analisando, pesquisando, se nutrindo de respostas e dúvidas também, tudo que não tivemos meses atrás na campanha para o Governo do Estado, onde tudo se rodeava nos interesses vs a descrença. 

As redes sociais então nem se falam, aparece quem nunca postou um uma vírgula sobre política, defendendo seu ponto de vista, aparecem também os fanáticos, gente cheia de certezas quanto ao futuro e ao mesmo tempo cheia de dúvidas quanto ao presente. Fazem terrorismo, preveem o caos, fazem a política do medo, maniqueísmo na sua mais pura essência, de ambos os lados diga-se de passagem.

É lamentável que amigos, até famílias estejam brigando por causa de política, por não saber divergir, por atacar o contraditório de forma chula e estúpida. 

O que Collor, Lula, Maluf, Téo Vilela, Ronaldo Lessa e Renan Calheiros (só para citar alguns) têm em comum? Todos de alguma forma já foram inimigos declarados e hoje são amigos de infância (e vice e versa). Então amigos, não vale a pena esse UFC que os presidenciáveis apresentam, porque passou o dia 26/10 todos voltam à forma amistosa de se tratarem. 

Então fica a dica de voto. Eu voto pelo bom senso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário