sábado, 3 de maio de 2014

O CANDIDATO, A SENHORA, A FOSSA E A PORTA


De todas as imagens da devastadora chuva que assolou Maceió e algumas cidades do interior no dia de ontem (2), a mais emblemática - para este blogueiro - foi essa aqui acima. Essa foto é de uma localidade na cidade de Rio Largo, conhecida como Parque Santa Tereza, região de muitas casas ao redor de um açude ou uma lagoa, não sei ao certo.

Lembro que nas eleições de 2012, andando exatamente nessa região uma senhora reclamava dessa lagoa, que ninguém nunca deu jeito e era um absurdo, um descaso, eram esquecidos, que precisava mudar, dentre tantos outros clichês possíveis para aquele momento.

Quando o candidato que eu acompanhava chegou à porta dela, ela fez questão de puxa-lo para dentro de casa para um papo a sós, mas mesmo assim ainda pude escutar o que aquela senhora "indignada" com a situação da lagoa queria com o candidato para tratar em particular.

Ela pedia a ele uma "ajuda" para consertar a fossa dela que estava entupida, o candidato disse que não podia ajudar porque o período eleitoral não permitia nenhum tipo de doação. Essa senhora ficou mais indignada ainda (mais até do que com a própria situação da lagoa) por não conseguir essa "ajuda" muito comum em períodos eleitorais e bateu a porta e fechou tudo com raiva.

Dois anos se passaram, os candidatos foram eleitos e vejam só,  ninguém ainda deu jeito nessa bendita lagoa.

Minha curiosidade hoje é: Será que aquela senhora que transbordava de indignação e insatisfação conseguiu desentupir sua fossa?

Será que depois que saímos de lá apareceu o BOM candidato, o salvador da população mais carente, o populista, bem dizer, o SANTO - aquele que ajuda as pessoas em períodos eleitorais?

Será? Será?

Isso não saberei nunca, o que eu sei é que muitos políticos/candidatos gostam mesmo é de eleitores dessa estirpe. 

Estou no Twitter: @vanildoneto
                               @BlogPoliticaAL



Nenhum comentário:

Postar um comentário