sábado, 28 de dezembro de 2013

A CULPA É DO TÉO

Tudo que acontece em Alagoas é culpa do Governador Teotônio Vilela Filho, claro que é.

Ninguém venha me dizer que tudo isso que acontece em Alagoas é culpa de anos de descaso em todos os setores da sociedade.

Téo se candidatou e se reelegeu, fez política partidária, apenas isso, esqueceu-se do essencial, saúde, educação e a tal da segurança pública. Na verdade ninguém se lembra disso, é muito chato cuidar desse povo, é mais fácil "politicar". Estas pastas estão inertes, não produzem nada de positivo, muito pelo contrário, só piora.

A violência extrapolou, a culpa é do Téo;
População com medo, a culpa é do Téo;
Servidores insatisfeitos, a culpa é do Téo;

Tá certo que Alagoas em suas áreas mais críticas não teve apoio do governo, mas também não tiveram dos Senadores, Deputados, de ninguém. O povo está sozinho nessa.

Mas agora que 2014 (ano eleitoral) bate na porta o que mais acontece são reuniões da famigerada “oposição”, que entre um churrasco e outro, trabalha para tentar tirar o Téo do poder.

Mas o que eles trazem de bom?

Mais do mesmo próprio Téo, não tem um projeto para Alagoas, eles não decidiram quem será o candidato, tudo depende da conjuntura para 2014. Tudo depende da política partidária e suas coligações eleitoreiras.

Não tem aquele que diz: “Serei candidato porque tenho o que agregar ao meu Estado”.
Mas tem aquele que diz: “Não tem nada certo ainda, vamos ver quem tem chances de vencer”.

Vencer por vencer, criar uma base única, uma zona de conforto, um tão sonhado poder absoluto.

Isso também é culpa do Téo.

É culpa do Téo, principalmente, que a esperança do povo esteja depositada no tenebroso Chapão. 

Isso sim é imperdoável, Téo.

Estou no Twitter: @vanildoneto
                               @BlogPoliticaAL

Um comentário: