sexta-feira, 21 de junho de 2013

MUITA CALMA NESSA HORA GIGANTE - #ProtestosAL

O gigante acordou! O Brasil explode de indignação!

(Centro de Maceió - Via Facebook)
Pois é, meus amigos, como vocês já com certeza devem ter visto o Brasil vem passando por uma avalanche de protestos com os mais variados temas. Tudo começou com o aumento da passagem na cidade de São Paulo, vinte centavos foi o estopim para desencadear essa indignação adormecida em berço esplêndido contra o sistema político brasileiro.

Durante os protestos foram abraçadas várias causas: Gastos exorbitantes com a Copa do Mundo, a cura gay do Feliciano, PEC’s 33 e 37, a corrupção nossa de cada dia, dentre tantas outras mais especifica de classes trabalhadoras, até piadinhas apenas para saírem nas redes sociais. 

Maceió deu um show de civilidade, no seu ultimo protesto, dia 20. Um mar de gente nas ruas, protestando em apoio às outras cidades, cobrando da prefeitura de Maceió a redução da tarifa de ônibus, mesmo que horas antes o Governador Teotônio Vilela e o Prefeito Rui Palmeira já tinham confirmado que não aconteceria aumento nesse ano, que iria de R$ 2,30 para R$ 2,85. Definitivamente os políticos viram que quando o povo quer, o povo consegue. Os protestos de ontem fez com que a Câmara de Maceió e a Assembléia Legislativa de Alagoas fechassem as portas, foi a maior manifestação que a cidade já viu.

O protesto deu certo em Maceió, sobretudo graças a internet e as redes sociais. Nada de movimento A, B ou C. Nem esquerda, direita ou centro.

Outras cidades alagoanas também protestaram durante essa semana: Arapiraca, Penedo, Rio Largo e recentemente União dos Palmares anunciou que na próxima terça-feira (25) também vão às ruas.

Alagoas, Estado conhecido por seus currais eleitorais, coronelismo imponente e entranhado até hoje, mostrou uma luz no fim do túnel exercendo o seu pleno direito de cidadão.

Graças a nossa tão lutada e suada democracia, que nos permite concordar, discordar e nos expressar (mesmo que muitos ainda não as pratiquem) temos os que são a favor do movimento e os que são contra, cada um devidamente argumentado e defendendo o que acredita.

Eu particularmente sou um entusiasta das manifestações democráticas, desde que tenham bem definidos o que vão reivindicar, não sair as ruas apenas por sair, sem propósito aparente e não servindo de massa de manobra para os oportunistas que se aproveitam de um movimento grandioso para manipular e distorcer o real objetivo de estar ali. Tenha posição, tenha opinião!
(Foco no que se reivindica)
Repudio qualquer tipo de vandalismo e oportunismo aos que se dizem "manifestantes", sabemos que não são, a esses desejo a mão pesada da lei e suas devidas punições exemplares.

Maceió não apareceu no Jornal Nacional, que dedicou três horas seguidas da ultima quinta-feira (20) para “cobrir” os protestos pelo Brasil, coincidentemente Maceió não apresentou nenhum ato de vandalismo como as outras cidades que o JN mostrava, talvez por isso não houve a devida cobertura em mostrar links ao vivo como estava acontecendo nas demais cidades.

Pois é isso, continuemos acordados de olho nessa corja de políticos que o único interesse é usurpar recursos públicos, que mantenhamos esse mesmo discernimento em questionar as atrocidades cometidas no Congresso Nacional, Assembleias Legislativas, Câmaras Municipais, por que eles fazem isso por nos mantermos apáticos e nos lixando para tudo relacionado a eles. Foco no que reivindicar, calma para não extrapolar os limites da indignação, assim praticamos a plena democracia. 

A males que vem para o bem, obrigado FIFA por nos proporcionar esse despertar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário