segunda-feira, 17 de junho de 2013

DILMA BOLADA

(Nunca fez tanto sentido à denominação do fake das redes sociais para com a Presidente de verdade.)

Imagem: Google
Muitos “patriotas tupiniquins” estão revoltados e envergonhados da maneira com que o povo brasileiro apareceu para o mundo, sábado (15), no jogo entre Brasil x Japão no estádio Mané Garrincha, em Brasília, ao vaiar a Presidente Dilma em seu discurso de abertura da Copa das Confederações.

O pior é tachar como político-partidário tal manifestação popular de um estádio INTEIRO, fazendo com que se crie essa hipótese. A outra “linha de raciocínio” é bem mais ridícula que essa... Culpar a tal classe média pelas vaias e dizer ainda que se fossem classes inferiores que estivessem no estádio não vaiariam. Ou seja, deixaram bem claro como eles enxergam os mais humildes, puramente como massa de manobra, que eles (os humildes) não teriam discernimento para avaliar a situação atual do Brasil. Sim, tacharam de classe média simplesmente porque  os que estavam lá puderam pagar do próprio bolso os olhos da cara pelos ingressos, não tiveram a graça de ganhar cortesias como boa parte dos políticos que lá estavam. Eles mesmos dividem o povo brasileiro por classes.

Essas vaias foram merecidas, não foi uma vaia só para a Dilma, foi uma vaia pra politicada brasileira no geral, de norte a sul do Brasil, de todos os partidos e “ideologias”... O povo vaiou por não aguentar mais tanta corrupção, gastos exorbitantes com uma Copa do Mundo e o povo morrendo nas filas de hospitais, no meio da rua com a violência desenfreada e a falta de educação nas escolas, tudo isso virou segundo plano, diante do circo montado para o mundo. Foi o estopim, principalmente pelo caos vivido nos últimos dias de seguidos protestos, autoritarismo e truculência por parte da polícia e o consenso dos governantes.

Enfim... Dilma deve mesmo ter ficado bolada.

Sabe o que é vergonha?

Vou confidenciar o que um amigo acabara de me contar o que aconteceu com ele em sua lua de mel na Europa.

Ele, querendo fazer uma ligação para o Brasil às 23h00min de lá onde estava, foi pedir informação de como fazer isso a recepcionista do hotel, ela informara que sairia muito caro uma ligação do hotel para o Brasil e recomendou que ele fosse comprar um cartão telefônico.

Então ele e sua esposa foram comprar o tal cartão, acostumados com o Brasil sua esposa ficara com medo das vielas escuras já tarde da noite, então eles resolveram voltar.

Ao comunicar o ocorrido que os amedrontavam sair àquela hora pelas ruas escuras e vazias, a recepcionista foi taxativa ao rebater:

-AQUI NÃO É O BRASIL, PODEM IR SEM MEDO.

Viu? Isso sim é vergonha. Isso sim prova que a imagem do Brasil nada foi abalada com as vaias para a Presidenta no jogo de sábado, por que não é de hoje que o mundo já tem em mente uma imagem do povo brasileiro, e digo a vocês, não é nada boa.


Achei esse vídeo na internet, assista e veja o desabafo:



2 comentários:

  1. VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA! É O QUE SINTO AGORA, DEPOIS DE LER ESSE TEXTO. COMO PODEREI BRADAR: "ORGULHO DE SER BRASILEIRO"?

    ResponderExcluir
  2. Não poderia me isentar de comentar essa postagem.
    Não gosto da atuação dela, concordo com as vaias, não concordo com esses valores pagos para as famílias de baixa renda como forma de aliena-los e incentivando ao desemprego e dependência do governo e venho me decepcionando a cada dia com os investimentos feitos em obras para esses eventos esportivos.
    No entanto, acho muito fácil vaiar e estar lá presente prestigiando a obra concluída. É muito cômodo.
    A melhor maneira que o Brasil teria para protestar contra os investimentos, era não ir aos estádios e não dar audiências a esses eventos, os quais fazem o mundo parar por um certo período e é que de lei em alguns dias da semana como (Quarta e Domingo). E se não houvesse esses investimentos e a possibilidade da copa estivesse ameaçada, também haveria protestos e desordem.
    Enquanto se pula ao comemorar os gols, nos lideramos os piores índices em tudo. Investimentos em saúde, educação, infraestrutura, transportes...
    NÃO ENTENDO!

    Amanda Pedrosa

    ResponderExcluir