terça-feira, 18 de outubro de 2011

Só no Brasil




2 comentários:

  1. Brasileiro é o exemplo de "telemanipulação"! Até então todas as piadas de Rafinha Bastos eram engraçadas e criativas. Após esse episódio, ele se tornou sem graça, arrogante, etc.
    PIADA, HUMOR, entendam como 'conversa de bêbado', isto é, não cabe ofensas! E já me coloquei no lugar do marido da sra Wanessa Camargo. Ficar puto, não gostar... é normal, mas fazer isso aí é demais QUANDO os brincalhões te roubam milhões e vc, quiçá, ainda pegaria na mão, daria um abraço... Entendo, portanto, que é mais ou menos assim: Eles são fortes, roubam, mas como eu não posso com eles, deixa pra lá. Já Rafinha não! É um zé piadista da Band que, com nossa influência, conseguirei derrubá-lo fácil!
    Ééé... piada só é engraçada quando fere o @ú dos outros, não é mesmo?
    Particularmente, nunca achei interessante o Rafinha na bancada do CQC. Monica, Oscar... fariam melhor! Rafinha é sinônimo de polêmica! Ele é um ótimo profissional no Prosteste Já, no A Liga... Aí sim ele dá show e faz qualquer um parar pra ver!

    ResponderExcluir
  2. Boa Henrique! Sempre com comentários inteligentíssimos!

    ResponderExcluir